23 de dez de 2011

A TRADIÇÃO DO NATAL NA SUÉCIA


As festas de Natal na Suécia começam no dia 6 de dezembro, dia de São Nicolau.
Nesse dia as crianças escrevem suas cartas de pedidos, que São Nicolau troca por um saquinho de balas ou nozes. Os presentes chegam no dia 25.
Na noite de Natal, a filha mais velha se veste de branco com uma faixa vermelha amarrada na cintura e uma grinalda de folhas verdes com sete velas acesas na cabeça. Ela leva cuidadosamente café e bolinhos para cada membro da família em seus quartos.
A Julafton ou Noite de Natal, é calma e simples de preparar. Na família do viking quase tudo se compra feito, todos os pratos de peixe vêm de um fumeiro local, o fiambre (presunto)  já se compra pré cozinhado, em casa se fazem almôndegas, e alguns acompanhamentos. 
A sobremesa demora apenas meia hora a fazer. Sem exagero e ainda que se façam alguns pratos em casa, 3 horas são o suficiente para  se preparar a refeição sueca da noite de Natal à qual se chama Julbord (Jul “Natal” + Bord “Mesa”).
A tradição de servir uma espécie de Buffet com este nome, está ligada às celebrações pagãs do solstício de Inverno. Em geral nas famílias suecas a comemoração da véspera de Natal começa lá pelas três da tarde.
A esta hora todo o mundo se senta na frente da televisão, e enquanto bebem glögg e comemos bolachas de gengibre e chocolates, se assistimos ao Kalle Anka och hans vänner önskar God Jul  -( “O Pato Donaldo e os seus amigos  desejam um bom Natal....”). É programa especial de Natal de Disney que passa na televisão sueca desde 1960 e que ainda é visto por um terço da população neste dia.
A julbord é um enorme buffet organizado em várias secções. Não é servida exclusivamente na Noite de Natal, pois ao longo do mês de Dezembro muitos restaurantes servem esta refeição. 
Se leram o Hipnotista,  de Lars Kepler, lembrar-se-ão do jantar de Natal em que participa o Detective Joona, uma Julbord servida no Restaurante Solliden em Estocolmo.

Também na Suécia é costume enterrar-se, no dia 25 de dezembro, uma semente de cevada. Quando chega a germinar, o que não é nada fácil, o acontecimento é considerado prenúncio de boas colheitas


Mas vamos à ementa:

Peixes frios
 •Gravad lax/ Salmão curado -  salmão preparado com sal, açúcar e endro.
 •Rökt lax/Salmão fumado
 •Inlagd sill – vários tipos de arenque em conserva.
 •Rökt ål/ Enguia fumada
 •Ägghalvor med räkor, stenbitsrom och kaviarkräm/ Ovos cozidos recheados com camarões,  e “caviar”.
 •batatas e ovos cozidos
 •sourcream com endro
 •molho para gravad lax
 Carnes frias
 •Julskinka/ presunto de Natal
 •Leverpastej/ Pasta de figado
 •Vários tipos de enchidos frios
 •Beterraba e pepinos em conserva
 •Pão de vários tipos incluindo o Vörtbröd
 •Queijo (o mais tradicional é o queijo semelhante ao  flamengo de casca vermelha)
 •Rödbetssalad/Salada de beterrada
 Pratos quentes:
 •Köttbullar/ almôndegas
 •Prinskorv/ salsichas
 • Revbenspjäll/ costela suína assada
 • Janssons frestelse /tentação do Jansson -   gratinado com batatas e anchovas
 •Rödkål, Långkål, Brunkål/ Vários tipos de couve preparados com açúcar, xarope e especiarias
 •Vários tipos de mostarda e molhos
 •Lutfisk – Um prato de peixe que é seco mas sem sal como o nosso bacalhau. Tem de se colocar de molho e tem um aspecto e consistência um pouco gelatinosas. Seve-se com molho Béchamel  e ervilhas.
 Bebidas
 •Julmust
 • Mumma -  uma deliciosa bebida com cerveja preta e vinho do porto
 • Svagdricka – cerveja light
 • Porter  - cerveja preta
 • Julöl – cerveja de Natal
 •Snaps : shots de vodka ou akvavit
 Sobremesa
 •Ris à la Malta 

Nenhum comentário:

Postar um comentário